História

O trabalho Presbiteriano no bairro de Cordeiros, na cidade de Itajaí – SC, começou há mais de uma década, com o sistema da Igreja Presbiteriana de Itajaí em manter trabalhos nos bairros da cidade, há vários anos, trabalho este que consta de visitas, reuniões de estudos bíblicos e orações, percorrendo casa por casa dos irmãos e também interessados que cedem suas residências para tais reuniões.

Em meados de Junho de 1986 o conselho, sob a presidência do rev. Octavio Stradioto, organizou o Ponto de Pregação da Igreja Presbiteriana de Itajaí no bairro Cordeiros, alugando uma casa onde começou regularmente uma Escola Dominical e cultos nos segundos sábados de cada mês, ao mesmo tempo em que, orávamos e procurávamos um imóvel para ser adquirido com vistas a um local próprio para os trabalhos regulares que se faziam necessários.

Presbítero Osni que sempre estava à frente do trabalho, auxiliado pelo pastor e por outros presbíteros, irmãos e irmãs, jovens, teve a ajuda reforçada em 1987, com a presença de um segundo obreiro em Itajaí, Bacharel, depois Licenciado Romualdo de Souza Correa.

No início do corrente ano, tendo-se que entregar a casa alugada, a Igreja conseguiu junto à Secretaria de Educação da Prefeitura local, duas salas cedidas graciosamente numa Escola Básica no Bairro, onde as famílias locais se reuniam para a escola Dominical.

No domingo do dia 23, do mês de Março, do ano de 1988, numa das salas da Escola Básica Antônio Ramos, o pastor Rev. Octavio, por resolução do Conselho da Igreja de Itajaí, que transformou o Ponto de Pregação da Igreja em Cordeiros em Congregação da Igreja Presbiteriana de Itajaí no bairro Cordeiros, procede, conforme antecipadamente convocada para tal, à eleição de uma primeira Mesa Administrativa da Congregação, que ficou assim constituída: Presidente, pastor Rev. Octavio Stradioto; Vice-Presidente, Álvaro Dalçóquio; Secretaria, Rosemery Andrade Tomasi; Tesoureiro, José Elias da Silva; Vogais: Ivo Chaves; Osni Chaves Cabral e Oroni Andrade. Deu posse à diretoria eleita, no domingo seguinte, o agora pastor da Igreja de Itajaí, Rev. Romualdo de Souza Correa.

Em junho do ano passado (1987), a Igreja Presbiteriana de Itajaí comprou um terreno no bairro Cordeiros, à rua Romualdo Sedrez, número 610, e, em março do decorrente ano deu-se início à construção de um templo onde hoje, cinco de junho de um mil novecentos e oitenta e oito, estamos celebrando um Culto de Ação de Graças, local onde a partir do final do decorrente mês, deveremos ter nossas reuniões regulares, já com as condições devidas para as mesmas.

Vale dizer que a construção deste templo foi devido, em primeiro lugar à graça de Deus, e, também, ao esforço e visão da Igreja de Itajaí em concentrar recursos humanos e financeiros para um trabalho mais sólido em Cordeiros. Assim, toda a Igreja direta ou indiretamente participou da construção de um Templo em cordeiros, muito embora alguns irmãos e famílias se esforçaram sobremaneira com ofertas que possibilitaram a compra do terreno e construção.

Ao nosso Deus Pai, Filho e Espírito Santo toda honra e glória, agora e sempre. E a todos os irmãos e amigos promessas das bênçãos do Todo Poderoso prometida a todos quanto amam ao Trino Deus, Sua Palavra e Sua obra.

Itajaí, 05 de junho de 1988.

Texto extraído dos registros das atas da mesa administrativa da Congregação Presbiteriana de Cordeiros – Itajaí - SC – autor desconhecido.
 

Livro de atas da Primeira Igreja Presbiteriana de Itajaí

Ata 161 – Resolução: “Resolve-se dar início ao trabalho do Ponto de Pregação em Salseiros, na fábrica de cimento, em uma sala cedida pela empresa” em 06 de agosto de 1967”.

Ata 178 – 03 de janeiro de 1969 – Pastor da Igreja Rev. Osvaldo Hack – “Resolução: responsável pelo trabalho de Cordeiros – Dorvigenes Manoel dos Santos e Jotacy Domingos Cabral. Professores de Escola Dominical: Laci Silva Cabral e Sena Oliveira”.

Ata 235 – 02 de março de 1974 – Pastor da Igreja Rev. Octávio Stradioto – “Resolução: responsável pelo trabalho de Cordeiros Osni Chaves Cabral”

Ata 432 – 02 de fevereiro de 1987 – “Compra do terreno no bairro Cordeiros”

Ata 453 – 30 de janeiro de 1988 – “Resolução: O conselho resolve delimitar o campo de trabalho do Rev. Octávio Stradiotto à Cordeiros e São Vicente”

Ata 455 – 04 de março de 1988 – “Resolve-se contratar construtor para a construção do templo de Cordeiros”; “Resolve-se transformar o ponto de pregação em Congregação”.

Ata 456 – 30 de março de 1988 – Resolve-se: “O Presb. Osni Chaves apresenta relatório da construção do templo de Cordeiros; como já está pronto o alicerce, resolveu-se fazer o culto da pedra fundamental só quando o templo estiver coberto, para evitar qualquer impedimento de muito sol ou chuva”.

Inauguração do 1º templo em 25 de junho de 1989.
 

Organização em 17 de fevereiro de 2002

Comissão de organização: PLIC (Presbitério do Litoral Catarinense)
Rev. Antônio Barros de Souza (Relator)
Rev. Marco Antônio Rodrigues
Pb. Eder Domingos de Abreu
Pb. Ivan Chaves

Pastores presentes
Rev. Jair de Almeida Junior. Pastor da Primeira Igreja Presbiteriana de Itajaí
Rev. Juarez Marcondes Filho. Pastor da Igreja Presbiteriana de Curitiba

Presbíteros eleitos e instalados
Pb. Joel Oroni de Andrade
Pb. José Elias da Silva
Pb. Manoel Vicente da Silva Filho

Diáconos eleitos e instalados
Dc. Afonso Cláudio Andriani
Dc. Anilson Cidral
Dc. Cláudio Luis Tomasi
Dc. Martinho Enéas Mafra